Postagem em destaque

INDICE AO BLOG NSG E À BIBLIOTECA VIRTUAL LACHESISBRASIL BASEADO EM BUSCAS ESPECÍFICAS

OBSERVE POR FAVOR QUE A MAIORIA DOS LINKS SÃO AUTO EXPLICATIVOS, E CONTÉM INDICAÇÃO DE CONTEÚDO ANTES MESMO DE SUA ABERTURA: 1) SOBRE ...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O Legado




O animal em questão foi encaminhado ao NSG pela Policia Militar do Estado da Bahia, com fratura de ambos os arcos mandibulares. O encaminhamento foi autorizado pela chefia do Ibama de Ilhéus.






O ato cirúrgico no arco direito foi mais complexo porque a fratura não se encontrava alinhada, fragmentos ósseos foram removidos, formando-se uma solução de continuidade de cerca de 3 milímetros entre as porções proximal e distal do osso.

Ainda com relação ao arco mandibular direito, o acesso para alinhamento ósseo foi pela via inferior, evitando sangramento de mucosa.




A porção proximal recebeu fio de aço intra ósseo para alinhamento da fratura, enquanto outro fio, mais forte, foi afixado para transpor a área sem continuidade direta, unindo os dois fragmentos; três pontos em 'X', com nylon 2-0, estabilizaram a fixação destes fios de aço ...





Mais complexo que o manejo da fratura foi lidar com o 'estado de choque,' que acomete o gênero em contenções prolongadas, e que se mostra quase sempre fatal.

No pós operatório imediato houve parada respiratória e necessidade de entubação oro-traqueal.




O quadro foi revertido após 60 minutos de esforços bem ilustrados:





Concluindo, há 15 anos atrás seria impensável considerar-se uma postura destas por parte da elite da tropa da Policia Militar da Bahia, e por parte do cidadão que os acionou, pedindo apoio.

Participar dessa mudança de mentalidade tem sido nosso maior legado, pelas últimas surucucus da Mata Atlântica.